Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

Imposto de Renda para empreendedores

Imposto de Renda para empreendedores Veja como declarar os ganhos da empresa na pessoa física

Como declarar os rendimentos gerados por sua empresa no Imposto de Renda de pessoa física.
Mordida do Leão Os principais tópicos relacionados à declaração do Imposto de Renda. Confira abaixo a categoria na qual sua empresa se enquadra e as instruções para a declaração:
MEI O Microempreendedor Individual (com faturamento máximo de R$ 60 mil ao ano) não está dispensado de apresentar a declaração anual de pessoa física. No entanto, o lucro líquido obtido com o negócio é isento e não tributável. Por isso, na hora de preencher a declaração, os lucros do MEI devem ser indicados em “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”.
Mas atenção: a parcela da receita bruta mensal que pode ser considerada como lucro líquido e isento de IR é aquela apurada com base nos percentuais de presunção definidos pela Receita Federal conforme a atividade da empresa, similar ao regime tributário de Lucro Presumido.
Confira abaixo: ·8…

Conheça as Diferenças entre MEI x Simples Nacional

Conheça as Diferenças entre MEI x Simples Nacional Muitas pessoas têm dúvidas quanto as diferenças entre o Simples Nacional e o MEI (Microempreendedor Individual). Vamos apresentar cada conceito e ajudar você a decidir pelo formato que seja mais adequado a sua necessidade, seja "empresa MEI", seja optante pelo Simples. Confira: O que é o Simples Nacional?Simples Nacional é um regime tributário simplificado que Micro e Pequenas Empresas (MPEs) podem ser enquadradas. Por que simplificado? Por que ele junta 8 tributos (IRPJ, CSLL, PIS/PASEP, Cofins, IPI, ICMS, ISS e CPP) numa única forma de cálculo e pagamento, facilitando a vida das MPEs. Para ser calculado o tributo, é necessário utilizar a tabela do Simples Nacional e verificar a faixa de receita bruta dos últimos 12 meses em que a empresa está para saber o percentual que deverá ser pago de impostos do Simples Nacional.
Como posso ser enquadrado no Simples? Para ser enquadrada no Simples, basta ir ao portal do regime tributário…

Pró-Labore MEI: saiba como calcular e regras

Pró-Labore MEI: saiba como calcular e regras

Sabia que existe o Pró-Labore MEI? Pois é, muitos empresários acreditam que em tal regime empresarial, o pagamento do benefício ao sócio não é possível. Contudo, ele também é previsto, só que de maneira diferente ao dos outros modelos empresariais. Por conta do MEI ser um regime empresarial com algumas exceções e particularidades, o cálculo e definição do Pró-Labore têm alguns cuidados a serem tomados. E para explicar tudo sobre o assunto e ensinar a calcular, a Soften preparou este artigo. Acompanhe! Entenda o que é Pró-Labore O Pró-Labore é o pagamento de uma espécie de “salário” para o sócio administrador do negócio. Este sócio é normalmente aquela pessoa que dedica o período integral na gestão e administração da empresa. Esta obrigação é regulamentada no Art. 152 da Lei nº 6404 de 15/12/1976,que obriga o pagamento de tal valor para os sócios administradores. Contudo, a lei diz a respeito das empresas que são compostas e constituídas em sociedade…

Saiba como é realizado o cálculo para Danos Morais

Saiba como é realizado o cálculo para Danos MoraisO pagamento de indenização por danos morais tem principalmente duas finalidades: compensar uma pessoa por danos sofridos por uma pessoa ou empresa e evitar que um agressor pratique qualquer ato que possa causar prejuízos a outro, buscando impedir que, no futuro, continue fazendo a mesma coisa. Com isso, um dos maiores problemas, nas relações trabalhistas, era definir o valor de cada processo por danos morais. Entende-se como danos morais qualquer ato que possa causar abalos psicológicos na vítima, que possam provocar constrangimento, vexame ou humilhação. O dano moral, dessa forma, é considerado qualquer ato que possa agredir a imagem de uma pessoa perante a sociedade em que ela vive. A vítima, para solicitar danos morais, deve ter abalada sua honra e a impressão que tem sobre si mesmo e a que as pessoas possuem dela, ao tomar conhecimento de uma ofensa moral. Assim, quanto maior for a repercussão de um ato agressivo, maior deve ser consid…

Saiba como administrar o capital de giro da sua empresa

Saiba como administrar o capital de giro da sua empresa Um dos grandes desafios de qualquer empresa é administrar o capital de giro, principalmente quando se trata de empresas de menor porte. Não basta apenas conseguir manter a atividade acima do ponto de equilíbrio: é necessário manter um valor disponível para atender emergências e para fazer os investimentos exigidos. Para qualquer empresário, utilizar o dinheiro proveniente das vendas e do lucro da empresa é o melhor meio para crescer e manter as atividades empresariais, sem qualquer preocupação com empréstimos ou utilização de qualquer modalidade de crédito, ou seja, evitar ao máximo o pagamento de juros. É dessa maneira que se torna possível trabalhar sem ficar atrelado ou preso a obrigações financeiras que só fazem esvaziar o caixa e impedir que a empresa possa estabelecer objetivos e conseguir alcançá-los. O capital de giro é essencial para qualquer empresa É necessário, antes de saber administrar, compreender o que é o capital de g…